Coragem de mãe

image

Depois de meses com o papai em casa, agora somos só nós na maior parte do dia.
Me programei pra sairmos hoje e aproveitar o cinema perto de casa. Mesmo o Tomás estando bem chorão e demandando mais atenção nos últimos dias.
Na hora de sair, berreiro.
Me bateu uma insegurança e no meio do furacão pensei: “não vou mais”.
Respirei, reconsiderei e cheguei a conclusão de que não ia desistir na primeira dificuldade.
Arrumei as coisas e fomos. Tudo correu bem e no meio do filme me peguei pensando que é isso: eu e ele.
Uma dupla que vai se entendendo mais a cada dia. Enfrentando as adversidades e se ajustando.
Não tem essa de desistir.
Ele depende de mim e eu tô aqui pra ele.
E, por ele, eu vou sempre tentar o meu melhor.

Dicas para aproveitar as liquidações!

Todos os anos a gente se depara com alguns meses, como esse, em que ocorrem as grandes remarcações de preços. É inegavelmente tentador andar pelo shopping e ver as vitrines das lojas com letras garrafais vermelhas de SALE, LIQUIDAÇÃO, PROMOÇÃO e todas aquelas outras “palavrinhas mágicas” que despertam nosso espírito consumista.

Mas para não fazer a “Becky Bloom” e acabar comprando coisas desnecessárias e que, provavelmente, ficarão encalhadas no guarda roupas é importante ser consciente, antes de ir às lojas e fazer “aloka das compras”.

Já fui bastaaaante consumista. Não que hoje em dia eu não seja, mas diante de algumas situações me vi sendo mais inteligente, digamos, ao gastar o meu dinheiro. Acredito que é possível ser menos impulsiva diante das vitrines, sim! Por isso, resolvi fazer uma lista e compartilhar com vocês minhas dicas pessoais para aproveitar essa época de liquidações:

1 – Tenha paciência
Não adianta ir para o shopping toda enfeitada como se tivesse indo para balada… é colocar sua melhor sapatilha, tênis ou outro calçado confortável e estar preparada para bater perna, procurar nas araras por boas ofertas e enfrentar filas no provador. Por isso, paciência para enfrentar isso tudo é essencial.

2 – Faça uma lista
Toda mulher sempre acha que está faltando tal peça no guarda roupa, não é? SEMPRE! Por mais que você tenha uma “wishlist mental”, anote na agenda, no seu bloquinho ou num pedaço de papel uma relação do que você realmente está precisando. Seja para a próxima estação, uma necessidade do dia-a-dia (tipo, uma peça para ir trabalhar) ou até mesmo uma ocasião especial. Ter um foco é super importante e evita você cair em tentação! rs

3 – Fuja de “modinhas”
Pense assim: as liquidações funcionam para queimar o estoque das lojas e dar margem para as novas coleções chegarem. Novas coleções significam novidades à vista: novas peças, novas tendências. Então, se a peça é muito “datada”, a cara dessa estação, evite comprar. Mesmo a moda sendo cíclica e algumas tendências acabarem se repetindo por várias temporadas, a probabilidade de você usar aquilo por pouco tempo é grande! Invista em peças clássicas, de cores neutras ou de sua preferência (lembra da história do vestido pink?). Respeitando seu estilo e o seu gosto você fará um bom investimento, com peças que serão usadas diversas vezes.

4 – Verifique acabamentos
Peças em liquidação merecem atenção redobrada! Não é só uma baixa de preço, mas também podem existir peças com pequenos defeitos nesse meio. Olhe, analise e verifique se a peça não está danificada: se não há furos no tecido, se não está descosturada ou com algum fio puxado e, principalmente, onde o alarme de segurança está posicionado! Às vezes ele é mal colocado na peça e a gente só vê em casa o furo que fez na peça. Observe logo no caixa, após o alarme ser retirado, se ele não danificou o que você está comprando. É importante também sempre verificar a composição do tecido. Quanto mais % de algodão, melhor. Poliéster e acrílico, por exemplo, sempre dão bolinha.

5 – Peça opinião
Leve alguém da sua confiança e que conheça você (vale amiga, mãe, namorado, marido) para fazer companhia e, eventualmente, dar opinião se aquele vestido serviu bem, se tal sapato é bonito, etc. Muitas vezes a gente fica super insegura se aquilo que queremos comprar realmente está bom, não é? É sempre bom ter alguém por perto que possa tirar a nossa dúvida e ajudar a decidir.

6 – Avalie sua compra
Pense e repense se aquela roupa ou sapato, de fato, será um bom negócio antes de comprá-lo! Se faça algumas perguntas básicas do tipo: tenho outra peça que combine com essa? O preço vale a pena? Vou usar isso de verdade? Estou precisando disso ou consigo viver sem? Uma coisa que faço muito, enquanto estou no provador, é “visualizar mentalmente” várias combinações possíveis daquela peça com as outras que já tenho no meu armário. Isso ajuda a avaliar se a peça será bastante usada por mim ou não. Já o preço, por exemplo, às vezes nem é tão em conta, mas se é uma coisa que preciso de fato, vou usar muito e tem um ótimo acabamento/material, concluo que a compra vale a pena. É mil vezes melhor comprar uma coisa relativamente mais cara, de boa qualidade e que será usada muitas vezes, do que comprar algo barato, “da moda” e que será pouco usado!


7 – Dê uma volta na loja antes de ir para o caixa

Essa tática não é para procurar mais coisas, não! Sabe aquele momento que você já foi ao provador, já experimentou as peças, devolveu umas, ficou com outras e algumas está em dúvida se vai levar? Pois é! Essa “voltinha” é um ótimo momento para reflexão e praticar a dica 6 dessa lista! rs. Além disso, muitas das lojas quando entram em liquidação, já receberam algumas peças da próxima coleção. Então é legal ver e verificar se o que você está pensando em comprar não é exatamente o oposto (lembra da dica 3?) do que será usado nos próximos meses.

8 – Não tire as etiquetas e guarde as notas fiscais
Essa dica, para mim, é a mais importante. Depois das compras, por mais “pensadas” que possam ter sido, pode bater ainda um arrependimento! Portanto, não tire as etiquetas das peças até que você as use de fato. Além disso, guarde as notas fiscais, pois muitas lojas exigem a nota mesmo que a etiqueta ainda esteja afixada na peça. Não esqueça que a maioria das lojas dá um prazo de troca de 30 dias. Então, trate de usar suas peças logo, sem pena! rs. Nada pior que você se arrepender de uma compra e não poder devolver, por conta de prazo de troca expirado, não é?

Além de tudo isso, dica da vida: nunca compre mais do que possa pagar! Vá com um budget certo de até quanto pode gastar e evite dívidas… isso é mais que essencial! Não é nem uma dica… é mais como o 1º mandamento! rs
Como disse anteriormente, essas dicas são passos que tento seguir sempre que compro algo novo. Não só nas liquidações, sendo que nelas a atenção deve ser especial por conta de tudo que relatei acima e pela tentação ser maior por conta dos preços baixos! rs.

Não tô pedindo para ninguém ser “caxias”, mas se pudermos otimizar nossos guarda roupas com boas compras, de peças que a gente realmente gosta, que combina com nosso estilo e que vai usar de verdade. Só assim todo o investimento de tempo e, principalmente, dinheiro terá valido a pena!

Quem tem alguma outra dica, por favor compartilhe nos comentários!
Ilustrações: Reprodução

Vai começar: Temporada de Moda Capricho!

Se tem uma coisa que eu AMO assistir na TV é reality show. Sério!
Seja do que for… (ok, aqueles meio “No Limite” eu não curto) mas quando é de Moda, claro que eu gosto mais ainda!

Vocês provavelmente devem conhecer ou já terem visto o Temporada de Moda Capricho, o reality que passa no canal Boomerang da tv a cabo, que tem como meta descobrir o novo estagiário da Revista Capricho.

O reality já está na sua terceira temporada, que estréia amanhã, dia 7, às 20h e promete trazer muitas novidades!

As produções vencedoras dos programas (exibido às quartas) serão publicadas em editoriais de moda na revista Capricho, que chega às quintas nas bancas. Como a revista é quinzenal, nas semanas em que as produções não forem publicadas, os editoriais poderão ser conferidos no site oficial do programa, que trará ainda tomadas de bastidores, batalha de looks online e vídeo-blogs dos candidatos, entre outras atrações. 

A grande novidade na área digital é o aplicativo, disponível para iPad, iPhone e Blackberry, com o qual os fãs do programa poderão montar seus próprios looks e compartilhá-los nas redes sociais.

Para essa temporada, o programa recebeu mais de 1.400 inscritos, das principais faculdades de Moda do país. Foram selecionados 14 sortudos, 11 meninas e 3 meninos,  que farão parte da disputa por uma vaga na Capricho. 

São eles:
Alice Haluli, 19 anos, de Recife-PE 
Ícone fashion: A atriz Audrey Hepburn (e quem não acha né?).  

Ananda Sueyosi, 18 anos, de São Paulo-SP 
Ícone fashion: A modelo Kate Moss e uma “paixonite” em pin-ups (já gostei que ela curte pin-ups!)

Daniel Nakamura, 18 anos, de São Paulo-SP 
Ícone fashion: Os cantores Boy George e Lady Gaga (preciso comentar? rs).  

Danielli Cadore, 18 anos, de Encantando-RS
Ícone fashion: As atrizes Blake Lively, Drew Barrymore e Taylor Momsen (tirando a Taylor, ótimas escolhas!)
 
Ellen Martins, 19 anos, de Belo Horizonte-MG 
Ícone fashion: As blogueiras Alix, do Cherry Blossom Girl; Betty do Le blog de Betty; Louise, do Miss Pandora; e Rumi, do Fashion Toast, além da estilista Rachel Zoe (a moça é ligada em blogueiras gringas hein? Vou ficar de olho nela!)
 
Gabriela Zink, 18 anos, de São Paulo-SP 
Ícone fashion: A atriz Blake Lively (muito bem, já é o suficiente! rs).  

Giovanna Ferrarezi, 18 anos, de São Paulo-SP 
Ícone fashion: As atrizes Audrey Hepburn, Kaya Scodelario e Rachel Bilson, a socialite Olivia Palermo e a apresentadora Alexa Chung (quem é essa Kaya meo deos? E foi a única que disse a Olivia! Só por isso, já tô torcendo por você, Gi! rs)
 
Isabella Castro, 22 anos, de Rio de Janeiro-RJ 
Ícone fashion: A ex-editora de moda Carine Roitfeld (reparem que é a candidata mais velha… e o ícone já é uma pessoa “madura”!).  

Leonardo Azevedo, 18 anos, de Belo Horizonte-MG 
Ícone fashion:  O ator Ed Westwick, a modelo Kate Moss e o ex-marido de Amy Winehouse, Blake Fielder-Civil (gosta do Chuck Bass, gostamos de você também! rs Mas Blake Fielder-Civil foi demais pra mim…).  

Luís Felipe Giuberti, 19 anos, de São Paulo-SP 
Ícone fashion: “Minha avó, a mulher mais bem vestida e moderna que conheço, para quem não existe justificativa para se vestir mal. Com ela aprendi que você pode fazer sua própria idade e identidade a partir de sua roupa.” (Luís, quero conhecer a sua avó!) 
 
Mariana Souza, 18 anos, de São Paulo-SP 
Ícone fashion: “Para maquiagem é a cantora Katy Perry, e para estilo, busco referências em pessoas de todas as partes do mundo, inclusive na rua” (Streetstyle sempre é uma boa inspiração) 
 
Natália Rolim, 18 anos, de Santos-SP  
Ícones fashion: A estilista Coco Chanel, as atrizes Marilyn Monroe e Audrey Hepburn, e a consultora de moda Costanza Pascolato (só as diiiiiivas!)
 
Natália Gurgel, 19 anos, de Fortaleza-CE  
Ícones fashion: A fashionista e blogueira Tavi Gevinson (#medo!).  

Paulo Fialho, 19 anos, Curitiba-PR 
Ícone fashion: A atriz e modelo britânica Mischa Barton (#medo de novo!).


Já deu pra ter uma idéia do pessoal, ne?
Nos resta aguardar ansiosos até amanhã e ver como vai ser a apresentação de todos e a primeira prova!

Vou acompanhar!

Fotos: Divulgação Capricho
Edição: Hi-Lo Blog